Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo de transição da Guiné-Bissau cria comissão para debater caju

Lusa

  • 333

Bissau, 05 abr (Lusa) - O Governo de transição da Guiné-Bissau criou uma comissão para "acertar o passo" entre os vários intervenientes da campanha do caju deste ano e quer acabar com as exportações ilegais.

Agricultores, intermediários e exportadores de caju estiveram hoje reunidos com o primeiro-ministro de transição, Rui de Barros, e no sábado continuam a discutir para "acertar o passo na fileira da castanha de caju, que tem tido problemas nos últimos tempos", disse o presidente em exercício da Câmara de Comércio e Indústria, Abel Incada.

Para a campanha deste ano, cuja abertura oficial decorreu no passado sábado, o Governo de transição não fixou qualquer preço de referência, uma medida com a qual Abel Incada está de acordo, já que deve ser o mercado a regulamentar o preço.