Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo de Singapura acusa quatro motoristas de instigarem greve ilegal

Lusa

  • 333

Singapura, 30 nov (Lusa) -- O Governo da Cidade Estado de Singapura apresentou hoje acusações contra quatro motoristas de serviço público de transporte que, alegadamente, foram os instigadores de uma greve ilegal, delito que poderá ditar uma pena de prisão, revela hoje a imprensa.

Os quatro homens, com idades entre os 32 e os 39 anos, foram detidos pela polícia na quarta-feira e estão em prisão preventiva depois de terem sido acusados por um Tribunal de "instigar os protestos" que tiveram início segunda-feira e contaram com a participação de 171 motoristas da empresa no primeiro dia.

Se forem considerados culpados, os motoristas enfrentam penas que podem variar entre uma multa equivalente a 1.260 euros e os dois meses de prisão, ou ambas.