Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo da República devia ter evitado aumento de impostos nos Açores - líder CDS/Açores

Lusa

  • 333

Angra do Heroísmo, 25 jul (Lusa) - O líder do CDS-PP dos Açores e vice-presidente do partido a nível nacional, Artur Lima, considerou na quarta-feira que o Governo deveria ter "envidado todos os esforços" para evitar a redução do diferencial fiscal na região.

"Pese embora o Governo de Portugal esteja sujeito a um acordo internacional, eu julgo que o Governo da República devia ter envidado todos os esforços para evitar isso e não o fez", salientou, referindo-se à redução do diferencial fiscal de 30 para 20% nos Açores, prevista na alteração à Lei das Finanças das Regiões Autónomas, aprovada na quarta-feira na Assembleia da República.

Artur Lima, que falava em declarações aos jornalistas, à margem da apresentação dos candidatos do CDS-PP à Câmara e à Assembleia municipal da Praia da Vitória, considerou que o aumento de impostos, por via da diminuição do diferencial fiscal, é "altamente penalizador para os Açores".