Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo da Guiné-Bissau concorda com previsões do FMI, tendo em conta incertezas políticas

Lusa

  • 333

Bissau, 09 mai (Lusa) - O ministro das Finanças do Governo de transição da Guiné-Bissau, Abubacar Demba Dahaba, disse hoje concordar com as previsões de crescimento feitas pelo FMI, tendo em conta as incertezas do país, sobretudo políticas.

O FMI previu hoje que a economia da Guiné-Bissau cresça este ano 3,5 por cento, com o ministro a reagir afirmando que não se pode "esperar resultado melhor", tendo em conta o contexto em que o país vive.

Segundo o responsável, a falta de uma agenda clara sobre o futuro da situação política do país não ajuda a Guiné-Bissau, "sobretudo para que os investidores possam" regressar.