Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo considera "prioritária" assinatura de novo contrato de concessão com RTP

Lusa

  • 333

Lisboa, 05 jun (Lusa) -- O ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, considerou hoje "prioritária" a assinatura de um "novo contrato de concessão com a RTP" e afirmou a importância de dar "estabilidade e serenidade" à televisão pública.

"É muito importante dar estabilidade e serenidade à RTP", afirmou o ministro-adjunto, Miguel Poiares Maduro, na Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, onde foi hoje pela primeira vez ouvido.

Miguel Poiares Maduro sublinhou a decisão do Conselho de Ministros de "manter o serviço público de televisão na esfera do Estado e [essa decisão] é para manter", assim como "é para manter" o fim do "duplo financiamento público" da RTP, que apenas deve funcionar com as verbas resultantes da Contribuição para o Audiovisual (CAV), na ordem dos 140 milhões de euros anuais.