Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo: CCP esperava novo ministro mais próximo da "economia real"

Lusa

  • 333

Redação, 01 jul (Lusa) -- O presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), João Vieira Lopes, disse hoje que estava à espera de alguém mais próximo da "economia real" caso o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, fosse substituído.

"A principal crítica que fizemos até agora ao ministro das Finanças foi sobre a sua visão da economia e da resolução da crise que, em nossa opinião, estava demasiado agarrada a um modelo teórico da 'troika' [Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional] e pouco fundamentada na situação real da economia. Nesse sentido, a nossa expectativa era que o ministro fosse substituído por alguém que tivesse mais a ver com a economia real", disse o dirigente da confederação.

Para João Vieira Lopes, o eventual substituto de Vítor Gaspar deveria ser alguém "mais próximo da economia real de maneira a ter em conta as necessidades das empresas e uma visão mais próxima de como é que se deve dar a recuperação económica", o que leva o presidente da CCP a declarar: "Sob esse ponto de vista [a sucessora, Maria Luís Albuquerque] não é aquele perfil de que estávamos à espera".