Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo Cabo Verde admite aumento da dívida pública para 90% do PIB em 2013

Lusa

  • 333

Cidade da Praia, 23 out (Lusa) - O primeiro-ministro de Cabo Verde admitiu hoje o agravamento da dívida pública cabo-verdiana prevista no Orçamento do Estado para 2013, mas recusou considerá-lo "substancial", defendendo que está dentro da sustentabilidade económica do país.

Questionado pela agência Lusa sobre a subida da dívida pública de 80,1 por cento do PIB prevista para 2012 para cerca de 90 por cento do PIB em 2013, José Maria Neves lembrou que os empréstimos são concessionais e, por isso, de longo prazo e com baixas taxas de juro.

Segundo a proposta de OE para 2013, a discutir na sessão parlamentar cabo-verdiana de novembro, o Governo prevê que a dívida externa suba de 60 para 70 por cento, enquanto a interna se manterá em torno dos 20 por cento, totalizando os 90 por cento do Produto Interno Bruto (PB) cabo-verdiano.