Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo birmanês espera que visita de Obama reforce a sua determinação em promover reformas

Lusa

  • 333

Rangum, 10 nov (Lusa) -- O Governo birmanês manifestou na sexta-feira a esperança de que a visita do Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao país no final do mês reforce a determinação da nação em prosseguir com a reforma política.

Obama será o primeiro Presidente norte-americano a deslocar-se à Birmânia, onde terá encontros com o homólogo birmanês, Thein Sein, e com a Nobel da Paz e líder da oposição birmanesa Aung San Suu Kyi, no dia 19.

O Presidente dos Estados Unidos "é muito bem-vindo" e a sua visita vai "reforçar a determinação" de Thein Sein em prosseguir com as reformas, afirmou um porta-voz da presidência birmanesa citado num comunicado divulgado na sexta-feira.