Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo anuncia rede de intervenção social para acompanhar famílias vulneráveis

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 jun (Lusa) -- O ministro da Solidariedade e Segurança Social anunciou hoje a criação de uma rede nacional de intervenção social, que irá fazer um acompanhamento efetivo das famílias em situação vulnerável, promovendo a criação de postos de trabalho.

A rede assentará num novo modelo de cooperação a estabelecer com as instituições, no âmbito da intervenção social, e será "promotora de emprego técnico e resposta à exclusão social", explicou Pedro Mota Soares na Comissão de Segurança Social e Trabalho.

"Queremos que na proteção social cada família tenha um seu próprio gestor, um técnico de acompanhamento de proximidade, como há médicos de família, um técnico planificador e responsável pela execução dos diferentes apoios prestados a cada família", adiantou o ministro no discurso de abertura na comissão parlamentar.