Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo admite reduzir tempo de mobilidade e atribuir subsídio de desemprego

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 mai (Lusa) - O Secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, admitiu hoje a possibilidade de atribuir subsídio de desemprego aos trabalhadores do Estado colocados no regime de requalificação.

Nesse caso, poderá vir a ser reduzido, em relação à proposta inicial, o tempo de requalificação profissional - que vem substituir o regime de mobilidade especial - e que o Governo estimava em 18 meses, segundo Hélder Rosalino.

"A ser atribuído o subsídio de desemprego, será atribuído em termos gerais, de acordo com as regras que hoje vigoram, sendo que, obviamente, o subsídio de desemprego não será pago pela Segurança Social, mas será assegurado pelos próprios organismos do Estado", afirmou o secretário de Estado sobre a "possibilidade" apresentada aos sindicatos.