Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governador do Banco de Portugal diz-se impedido de falar sobre correções ao IRS do presidente do BES

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 fev (Lusa) - O Governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, disse hoje que não pode falar sobre a situação do presidente do BES quando questionado sobre a idoneidade deste tendo em conta as retificações que Ricardo Salgado fez à declaração de IRS.

A deputada Ana Drago, do Bloco de Esquerda (BE) questionou hoje Carlos Costa sobre notícias que dão conta de que o presidente do BES, Ricardo Salgado, fez três retificações à sua declaração de IRS (imposto sobre o rendimento de pessoas singulares) de 2011, assim como de uma situação semelhante com o administrador financeiro do BES, Morais Pires.

A deputada lembrou que esta situação coloca em causa a idoneidade dos administradores do BES, uma condição definida pelo Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras para cidadãos exercerem funções de gestão na banca.