Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Golfe: Espanha perdeu 21.000 licenças desportivas em três anos devido à crise

Lusa

  • 333

Logrono, Espanha, 12 set (Lusa) -- A crise económica terá provocado a perda de 21.000 licenças desportivas de golfe nos últimos três anos, segundo dados da federação espanhola da modalidade (FEG).

O presidente da FEG, Gonzaga Escauriaza, disse à agência EFE que Espanha conta atualmente com 325.000 jogadores federados, mas, nos últimos três anos, perdeu anualmente cerca de 32.000 licenças, compensadas em parte com a entrada de 25.000 novas licenças por época.

Apesar da perda de 21.000 licenças desportivas, Escauriaza está satisfeito com a renovação de jogadores que se tem vindo a verificar e com o alto nível competitivo dos torneios profissionais e de outras categorias que se disputam em Espanha, embora admita que a crise também se faz sentir na modalidade.