Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

GNR e Rio2016, paixões difíceis de conciliar para o canoista Hélder Silva

Lusa

  • 333

Duisburgo, 29 ago (Lusa) - O canoísta Hélder Silva, que entra em ação sexta-feira nos Mundiais de Duisburgo, na Alemanha, está dividido entre duas paixões difíceis de conciliar, a fidelidade a uma carreira na Guarda Nacional Republicana e o apuramento aos Jogos Olímpicos Rio2016.

O jovem de 26 anos era apontado como o primeiro canoísta luso da história nas canoas (C1) nos Jogos, mas em 2011, época de qualificação para Londres2012, abandonou a competição para ganhar um lugar nas forças da ordem: agora que regressou à alta competição, deseja apenas uma clarificação de horários na GNR para poder cumprir o segundo sonho.

"Não tem sido fácil. Como na GNR trabalho por turnos, muitas têm sido as vezes em que faço madrugadas e, ao nascer do dia, vou treinar de direta", desabafa à agência Lusa.