Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

GNR deteve 11 suspeitos de furtarem cobre nas linhas subterrâneas da PT

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 mai (Lusa) -- A GNR anunciou hoje a detenção de 11 suspeitos de pertenceram a uma organização criminosa que se dedicava ao furto de cobre nas linhas subterrâneas inativas da Portugal Telecom (PT) na área da Grande Lisboa.

Os detidos faziam parte de uma organização criminosa, constituída na sua maioria por estrangeiros, que conseguiram "êxitos consideráveis nesta prática criminosa, fruto da vasta experiência adquirida enquanto (antigos) funcionários das empresas subempreitadas pela PT", revela a GNR em comunicado.

Para concretizar os furtos, o grupo deslocava-se às caixas de visita permanente da PT, munido de uma carrinha tipo furgão, adaptada com um fundo falso (alçapão), efetuando de seguida as operações de corte e carga dos fios de cobre.