Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ginástica laboral para prevenir lesões conquista trabalhadores que separam lixo em Leiria

Lusa

  • 333

Leiria, 15 jan (Lusa) -- De início, os trabalhadores que separam o lixo em Leiria estranharam a novidade, mas os músculos, os tendões, os joelhos, a coluna, os ombros e sobretudo o pescoço rapidamente se renderam à ginástica laboral introduzida pela empresa.

"A motivação das pessoas mudou muito. De manhã começam o trabalho mais bem-dispostas e depois, no final, há uma descontração psicológica. Os problemas que trazem de casa ficam nesta roda", explica Filipe Nazário, supervisor da triagem da Valorlis, olhando para os funcionários que realizam os exercícios, 'desenhando' um círculo à frente do pavilhão.

Na Valorlis, empresa de Leiria que gere o tratamento de resíduos sólidos urbanos de seis municípios e que recebe em média 100 mil toneladas anuais, o aquecimento e o relaxamento são realizados, respetivamente, ao princípio e ao fim de cada turno, dentro do horário de trabalho.