Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Gestoras de sistemas de resíduos esperam do ministro "alteração profunda" no setor

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jul (Lusa) - As gestoras de sistemas de resíduos esperam que o novo ministro do Ambiente aposte numa "alteração profunda" na liderança do setor, contra a "estagnação" dos últimos dois anos, conseguindo financiamento para gerar postos de trabalho.

"Tendo em conta a estagnação a que o setor esteve sujeito nos últimos dois anos, o novo ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia poderá preconizar uma alteração profunda na liderança rumo ao crescimento sustentável", que esta área e o país "necessitam urgentemente", defendeu hoje a Associação de Empresas Gestoras de Sistemas de Resíduos (EGSRA).

Com a remodelação governamental anunciada na terça-feira, a ministra Assunção Cristas perdeu a tutela do Ordenamento do Território e do Ambiente, ficando apenas ministra da Agricultura e do Mar, e o atual coordenador da direção nacional do PSD, Jorge Moreira da Silva, fica à frente de uma nova pasta do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia.