Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Gestor de participações do Estado moçambicano descarta venda de ações

Lusa

  • 333

Maputo, 11 jun (Lusa) - A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), que gere as participações do Estado moçambicano nas multinacionais que exploram os recursos minerais no país, afastou a hipótese de vender as suas ações, resistindo a pressões nesse sentido.

Na semana passada, a imprensa internacional noticiou que a ENH iria vender 15 por cento das suas participações no Bloco 1 da Bacia do Rovuma, norte de Moçambique, num consórcio liderado pela norte-americana Anadarko.

Em declarações ao Notícias, diário de maior circulação em Moçambique, o presidente da ENH, Nelson Ocuane, afirmou que a empresa não pretende abdicar da sua posição nos projetos de exploração de recursos minerais, principalmente na Bacia do Rovuma, palco de descoberta de grandes reservas de gás.