Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

George Hincapie, o mais fiel dos trabalhadores de Armstrong, reconhece doping

Lusa

  • 333

Washington, 10 out (Lusa) -- O ciclista norte-americano George Hincapie, companheiro de Lance Armstrong na US Postal e um dos principais obreiros das suas sete vitórias na Volta a França, reconheceu hoje ter-se dopado ao longo da sua carreira.

"É extremamente difícil para mim reconhecer hoje que durante parte da minha carreira recorri a substâncias interditas", disse hoje em comunicado Hincapie, que pôs um ponto final na sua carreira este verão.

Recordista de presenças no Tour, com 17, o único corredor a estar ao lado de Armstrong no recorde de sete triunfos na prova francesa confessou que ficou claro, quando se tornou profissional, que "com o recurso generalizado de produtos que favoreciam o rendimento entre os melhores", não era possível correr ao mais alto nível sem recorrer ao doping.