Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

General Dynamics quer impedir judicialmente fim do contrato dos blindados Pandur

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 out (Lusa) - A General Dynamics anunciou hoje que apresentou um requerimento de arbitragem judicial contra o Ministério da Defesa para "impedir que termine de modo impróprio o contrato" de fornecimento das viaturas blindadas Pandur.

"Não houve nenhuma quebra do contrato e a General Dynamics European Land Systems e o seu parceiro português, a Fabrequipa, estão preparados e comprometidos em produzir os restantes veículos previstos no contrato, sujeitos à confirmação de que o Ministério da Defesa Nacional está disposto e capaz de os aceitar e pagar", afirma a empresa norte-americana em comunicado enviado à agência Lusa.

A empresa esclarece não ter tido "alternativa a apresentar o requerimento de arbitragem" dado que o Ministério da Defesa anunciou, "a 16 de outubro de 2012, a intenção de rescindir o contrato devido a uma alegada quebra da parte da General Dynamics".