Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Gasolina só vai subir significativamente se houver guerra no Médio Oriente - APETRO

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 set (Lusa) -- Os conflitos no Médio Oriente têm diminuído a produção de petróleo e aumentado os preços, admitiu hoje a Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas, sublinhando, no entanto, que só espera subidas significativas da gasolina se houver guerra na região.

"As crescentes tensões na Síria e o seu alargamento às regiões vizinhas (principalmente Líbia, Iraque e Egito, onde tiveram lugar recentes convulsões) estão a afetar a produção de petróleo na região e, consequentemente, os preços internacionais do crude", afirma a associação em comunicado hoje divulgado.

Um aumento do preço que deverá continuar a verificar-se devido ao provável crescimento das tensões no Médio Oriente, mas que só deverá tornar-se significativo nos produtos derivados do petróleo (gasolina ou gasóleo) "se houver um alastramento do conflito à região", refere, no entanto, a APETRO.