Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Gabinete de investigação a acidentes ferroviários está inativo desde 2011

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 jul (Lusa) - O Gabinete de Investigação de Segurança e de Acidentes Ferroviários (GISAF), organismo independente ao qual compete investigar os acidentes com comboios, está inativo desde 2011 por falta de quadros, após a demissão do seu diretor.

Em dezembro de 2012 foi publicado na página da internet da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CRESAP) o anúncio para preenchimento do cargo de diretor do GISAF. Foram apresentadas dez candidaturas.

Contudo, a informação que consta atualmente na página da CRESAP indica que foi aberto um novo concurso no dia 12 do corrente mês para o preenchimento da vaga de diretor, podendo os candidatos entregar a candidatura até hoje. A agência Lusa tentou obter esclarecimentos do Ministério da Economia sobre o assunto, mas aguarda resposta desde o dia 15 de julho.