Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futuro secretário-geral da UGT defende reflexão sobre descrédito do movimento sindical

Lusa

  • 333

Coimbra, 31 out (Lusa) - O provável futuro secretário-geral da UGT, Carlos Silva, afirmou hoje que o descrédito dos cidadãos em relação aos políticos "alarga-se aos sindicalistas" e defendeu uma reflexão sobre a ligação dos sindicatos aos movimentos sociais.

O também presidente da UGT Coimbra e dos Bancários do Centro, Carlos Silva, falava em Coimbra na abertura da conferência "Crise Económica e Social", e frisou que o descrédito que os cidadãos têm em relação aos políticos "alarga-se aos sindicalistas".

Para Carlos Silva, que deverá ser o futuro secretário-geral da UGT, no proximo ano, é necessário perceber como os sindicados podem integrar-se nos movimentos sociais que tem surgido em Portugal.