Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futuro das exportações está na qualidade e diversidade - sec. Estado da Alimentação

Lusa

  • 333

Ponta Delgada, 23 julho (Lusa) - O secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar, Nuno Vieira e Brito, defendeu hoje que Portugal deve "privilegiar" a "qualidade" e "diversidade" em detrimento da quantidade para fazer chegar os seus produtos ao mercado externo.

"Todos os países chegam à exportação. Portugal chegou nos anos 500. Agora, com novas tecnologias e metodologias também teremos a obrigação de chegar, criando escala", defendeu o secretário de Estado após um encontro com a Associação Agrícola de São Miguel (Açores).

Nuno Vieira Brito salvaguarda que Portugal "não é um país de quantidade", o que constitui um "ponto forte" no processo de exportação.