Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebolista sul-coreana é acusada de ser homem

Lusa

  • 333

Seul, 07 nov (Lusa) -- O caso de uma futebolista que é acusada de ser homem está a provocar polémica na Coreia do Sul, levando o seu clube a admitir tomar medidas em relação àquilo que considera "uma violação dos direitos humanos" da jogadora.

"Procurar verificar o género de uma pessoa é uma grave violação dos direitos humanos", sublinharam hoje, em conferência de imprensa, os dirigentes da equipa Amazonas, de Seul, em que alinha a avançada Park Eun-seon.

O caso de Park lembra o da atleta sul-africana Caster Semenya, cuja identidade de género levantou dúvidas depois de ganhar a medalha de ouro nos Mundiais de atletismo de Berlim2009, com a sua fisionomia (1,80 metros, 74 quilos) a suscitar dúvidas.