Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebolista Hulk critica comportamento "intolerante e racista" de adeptos do Zenit

Lusa

  • 333

Moscovo, 01 abr (Lusa) -- O avançado brasileiro Hulk mostrou-se hoje indignado com o "comportamento racista e intolerante" de alguns adeptos do Zenit São Petersburgo, que em dezembro pediram aos responsáveis do clube que não contratassem futebolistas negros.

"Penso que estes adeptos não compreendem a cultura dos outros. Eu respeito todos os jogadores independentemente da sua raça ou orientação sexual", afirmou Hulk, em declarações à agência R-Sport.

Hulk, que em setembro de 2012 se transferiu do FC Porto para a equipa russa por 60 milhões de euros, afirmou que os adeptos que "insultam jogadores devido à sua cor de pele ou opção sexual simplesmente não pensam".