Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebolista despedido depois de batalha campal no Uruguai

Lusa

  • 333

Redação, 30 out (Lusa) - O Juventud rescindiu o contrato com o médio Cristian Latorre, considerado o causador da "batalha campal" de que resultou a expulsão de 16 jogadores no final de um jogo do campeonato uruguaio de futebol, no domingo.

Os distúrbios, verificados já depois do apito final do encontro com o Wanderers, começaram com uma troca de insultos entre os jogadores que resvalou para a confusão e violência.

Oito jogadores de cada lado foram expulsos, e para Latorre, acusado de instigar a confusão, foi a última partida com as cores do Juventud, confirmou hoje o presidente do clube Yamandu Costa.