Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebol: Presidente em exercício da APAF considera que críticas estão dentro do limite do razoável

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 set (Lusa) -- O presidente em exercício da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) disse hoje à agência Lusa que as críticas à arbitragem de Carlos Xistra, no encontro entre Académica e Benfica, estão dentro do limite do razoável.

"São críticas que nós, após termos consultado o árbitro e a própria APAF ter reunido e analisado algumas questões do fim de semana, pensamos que atingiram o limite do razoável. Não passou daí, não puseram em causa a equipa de arbitragem, no seu sentido de honestidade ou idoneidade, apenas têm uma divergência de opiniões em determinados lances", afirmou José Fontelas Gomes, em declarações à Lusa.

A presidir à APAF desde o pedido de suspensão do mandato de Gustavo Sousa, por motivos profissionais e desportivos, que remonta a 14 de agosto e se prolonga até 04 de novembro, José Fontelas Gomes apelou a que seja conferida "mais tranquilidade às equipas de arbitragem", para que "o futebol português consiga alcançar um outro patamar".