Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebol: Luís Duque responsabiliza João Pinto por fraude fiscal na transferência para Sporting

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 jun (Lusa) - Luís Duque, presidente da Sporting SAD na altura da contratação de João Pinto, em 2000, responsabilizou hoje o ex-futebolista por alegada fraude fiscal qualificada, crime pelo qual os dois estão a ser julgados juntamente com José Veiga e Rui Meireles.

Na inquirição na sexta audiência do julgamento na 6.ª Vara do Tribunal Criminal de Lisboa, Luís Duque referiu que "não há contratos líquidos" e que negociou com João Pinto e o empresário José Veiga o prémio de assinatura, no valor de quatro milhões de euros, "com valores ilíquidos".

"Não assino contratos líquidos. Cada um que pague os seus impostos", disse, deixando expressa a dúvida de que João Vieira Pinto "estava convencido de que era ilíquido" o prémio de assinatura, transformado em direitos desportivos.