Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebol italiano abrandou défice financeiro, mas continua com saldo negativo

Lusa

  • 333

Roma, 04 abr (Lusa) -- O futebol italiano registou novamente na última época um saldo financeiro negativo, mas abrandou o seu défice, revelou hoje o relatório da empresa de consultoria Price Waterhouse Cooper (PWC).

Segundo o relatório, o volume de negócios da temporada 2011/2012 foi de 2,7 mil milhões de euros, um aumento de 7% em relação à época anterior, mas o "cálcio" ainda regista um défice financeiro de 388 milhões de euros.

Para Emanuele Grasso, membro da PWC, trata-se de um problema estrutural, uma vez que a maior parte das receitas do futebol italiano provêm dos direitos televisivos (43%) e a menor percentagem das vendas de bilhetes nos estádios italianos (9%).