Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebol: Inglaterra - John Terry declara-se inocente de alegados insultos racistas a Anton Ferdinand

Lusa

  • 333

Londres, 09 jul (Lusa) -- O futebolista inglês John Terry, do Chelsea, declarou-se hoje inocente, em tribunal, das acusações de comportamento racista, por alegados insultos ao seu compatriota Anton Ferdinand, do Queens Park Rangers.

O capitão do clube campeão europeu compareceu na primeira sessão do seu julgamento em Londres, cujo processo demorará cinco dias e no qual enfrenta uma pena que, no máximo, atingirá cerca de 3.000 euros (2.500 libras).

O defesa central, de 31 anos, é acusado de ter insultado Ferdinand durante um encontro da liga inglesa entre as duas equipas, a 31 de outubro, quando André Villas-Boas era ainda treinador dos "blues".