Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebol: Duque diz que não lhe compete responsabilizar João Pinto por alegada fraude fiscal

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) - Luís Duque, presidente da Sporting SAD na altura da contratação de João Vieira Pinto, em 2000, disse hoje que não lhe compete responsabilizar o ex-futebolista por alegada fraude fiscal, pela qual estão a ser julgados.

"Em nenhum momento responsabilizei o ex-futebolista João Vieira Pinto por alegada fraude fiscal. Nem me compete fazê-lo", afirmou Luís Duque, ouvido na segunda-feira pelo coletivo de juízes da 6.ª Vara do Tribunal Criminal de Lisboa, num caso em que também estão a ser julgados o empresário José Veiga e Rui Meireles, na altura diretor financeiro do clube "leonino" .

O atual presidente da Sporting SAD reitera que referiu "genericamente" que não assinava "contratos líquidos", justificando: "Os contratos são sempre por valores ilíquidos, competindo aos atletas, neste caso, a responsabilidade fiscal".