Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebol: Clubes devem tabelar salários, defende estudo de professor da Universidade do Minho

Lusa

  • 333

Braga, 08 ago (Lusa) - Tabelar universalmente os salários é uma das soluções defendidas pelo economista Paulo Reis Mourão, da Universidade do Minho (UM), para os clubes de futebol inverterem o seu "insustentável endividamento exponencial".

Num estudo publicado na revista "Journal of Sports Sciences", o professor da Escola de Economia e Gestão da UM considera ainda que os clubes estão a perder raízes e que os grandes clubes devem apenas competir internacionalmente.

Segundo Paulo Reis Mourão, os clubes profissionais em geral têm apostado, desde os anos 80 do século passado, na renovação e expansão da oferta, com as consequentes subidas das despesas ao nível do pessoal, investimento, tributação e, sobretudo, juros.