Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebol: Caso João Pinto - Duque refuta "malabarismos e habilidades" para pagamento a jogadores

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 jul (Lusa) - Luís Duque, acusado de fraude fiscal juntamente com João Vieira Pinto, José Veiga e Rui Meireles na contratação do futebolista pelo Sporting, em 2000, refutou hoje em tribunal a prática de "malabarismos e habilidades" para pagar remunerações.

Na nona sessão do julgamento, Duque, na altura dos factos presidente da Sporting SAD, pediu ao coletivo de juízes da 6.ª Vara do Tribunal Criminal de Lisboa para esclarecer afirmações do presidente do Sindicato dos Jogadores, Joaquim Evangelista, ouvido hoje como testemunha.

"Nunca tive conhecimento de qualquer tipo de estratagema e de esquema utlizando 'off-shores' para pagamento de remunerações a jogadores, como disse Joaquim Evangelista que era prática geral no futebol português", esclareceu Luís Duque.