Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futebol: Alemanha -- Antigo presidente da federação defende que jogadores "ou cantam hino ou não jogam"

Lusa

  • 333

Berlim, 20 jul (Lusa) -- O antigo presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB) Gerhard Mayer-Vorfelder defendeu hoje que os internacionais germânicos devem cantar o hino ou, em caso contrário, arriscar-se a ficarem de fora.

"O treinador (Joachim Low) tem de obrigá-los a cantar o hino nacional. Ele tem dito sempre que não pode forçá-los, mas eu acho que é possível", afirmou o ex-dirigente, de 79 anos, em entrevista ao Bild.

Verfelder exemplificou com as meias-finais do Euro2012, quando os elementos da "squadra azzurra" cantaram o seu hino "com gosto", tendo jogado com essa mesma paixão, enquanto os "panzers" tiveram uma "prestação quase vergonhosa".