Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fusão dos sistemas de água do Mondego, Ria e Lis só depende da aprovação do decreto-lei -- AdP

Lusa

  • 333

Coimbra, 13 mar (Lusa) -- O presidente da Águas de Portugal (AdP), Lobato de Faria, disse hoje, em Coimbra, que o processo de fusão dos sistemas de água do Mondego, Ria e Lis aguarda apenas a aprovação do respetivo decreto-lei.

"Do ponto de vista técnico foi tudo feito e, neste momento, segundo sabemos, o Governo está a preparar um decreto-lei, a aprovar em Conselho de Ministros. Acredito que, brevemente, possa haver novidades nesse campo", afirmou Lobato de Faria.

"Mas, obviamente, compete ao concedente dar essa informação", sublinhou o presidente da AdP, questionado pela agência Lusa, após a assembleia geral da empresa Águas do Mondego (AdM).