Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Funeral" do ensino superior desfilou no cortejo da Latada

Lusa

  • 333

Coimbra, 22 out (Lusa) - A Associação Académica de Coimbra (AAC) simulou hoje o funeral do ensino superior, carregando um caixão durante o cortejo da Latada, numa ação interrompida por uma mãe preocupada com o futuro dos filhos na universidade.

O cortejo fúnebre começou por volta das 15:00, no Largo D. Dinis, com quatro estudantes - com máscaras do secretário de Estado do Ensino Superior, José Ferreira Gomes, do ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, da ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, e do primeiro-ministro, Passos Coelho - carregando um caixão e um outro estudante, com a máscara de João Gabriel Silva, reitor da Universidade de Coimbra (UC), levava uma pá.

Atrás do caixão estava o presidente da AAC, Ricardo Morgado, que levava uma cruz de madeira, afirmando à comunicação social que a ação de protesto simbolizava "o fim de instituições como a Universidade de Coimbra", pretendendo alertar para "a não mudança das políticas no ensino superior".