Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fundos comunitários são "pilar de investimento" mesmo após programa de ajustamento - Governo

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 jan (Lusa) -- O secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Miguel Morais Leitão, afirmou hoje que os fundos comunitários representam "o pilar de investimento" de Portugal, "mesmo depois de terminado o programa de ajustamento".

Sublinhando que, entre 2007 e 2013, Portugal está a receber de Bruxelas cerca de 4.000 milhões de euros por ano, Morais Sarmento referiu que, "mesmo que haja algum decréscimo [deste montante], o peso [dos fundos estruturais] continuará a ser significativo".

"Os fundos europeus tiveram e continuarão a ter um contributo fundamental para a correção de desequilíbrios entre países e regiões", disse ainda o governante, na conferência "Quadro Estratégico Europeu 2014-2020", que decorre hoje em Lisboa.