Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fundos comunitários contribuirão para "coesão territorial" - Governo

Lusa

  • 333

Fundão, 23 out (Lusa) - O secretário de Estado do Desenvolvimento Regional reforçou hoje a ideia de que os próximos fundos comunitários contribuirão para o "desenvolvimento rural e para a coesão territorial", pois 93% destinam-se "às regiões mais pobres do país".

Manuel Castro Almeida especificou que a proposta prevê que "93% dos fundos fiquem afetos ao Norte, Centro e Alentejo, enquanto que as regiões mais ricas, como Lisboa, Algarve e Madeira, ficam com 07%", disse, no Fundão, durante a sessão de encerramento de um "workshop" internacional subordinado ao tema da "inovação rural na região centro".

O secretário de Estado reconheceu que "é evidente que as zonas rurais têm menos recursos e níveis mais baixos de inovação", mas garantiu que "a solução não é desistir" e sim reforçar "uma estratégia de valorização dos recursos locais".