Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fundo quer investir 50 ME em tecnológicas portuguesas com potencial exportador

Lusa

  • 333

Porto, 06 mai (Lusa) -- A sociedade Pathena iniciou, na passada quinta-feira, operações de um fundo que pretende investir 50 milhões de euros em empresas tecnológicas nacionais com potencial de expansão internacional, disse hoje à Lusa um dos responsáveis.

De acordo com um dos fundadores da Pathena, António Murta, neste momento contam com 40 milhões de euros, tendo por objetivo obter os 10 milhões em falta nos próximos 12 meses junto de investidores estrangeiros, num processo que demorou dois anos antes do lançamento efetivo.

"Recordo-me que quando começámos, as iniciativas que fizemos para estabelecer contactos internacionais eram literalmente experiências de horror, pelo menos de repulsa. A imagem de Portugal era muito má. Nos últimos 12 meses isso mudou completamente. Não tem nada a ver connosco, tem a ver com o contexto", explicou António Murta à margem do Encontro Internacional da rede PAEX na Porto Business School.