Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fundações: "Governo explica que mundo é esfera quadrada e que mais vale morrer do que perder a vida" -- Rui Rio

Lusa

  • 333

Porto, 23 out (Lusa) - A resposta do Governo sobre os equipamentos e trabalhadores da Fundação Ciência e Desenvolvimento "explica que o mundo é uma esfera quadrada" e que "mais vale morrer do que perder a vida", acusou hoje o presidente da Câmara do Porto.

"A resposta chegou ontem [segunda-feira] à tarde, pedi aos serviços para a analisarem, mas parece que explica que o mundo é uma esfera quadrada rodeada de oceanos e mares e que o Governo acha que mais vale morrer do que perder a vida", ironizou Rui Rio, durante a reunião camarária de hoje.

O edil comentou assim a resposta do Governo sobre o futuro do Planetário do Porto e do Teatro do Campo Alegre, bem como dos seus recursos humanos, depois de a Câmara ter aprovado a recomendação do ministério das Finanças para extinguir a Fundação Ciência e Desenvolvimento (FCD).