Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fundações: Corte de 30 por cento na Fundação Eça de Queiroz pode levar a despedimentos

Lusa

  • 333

Baião, 27 set (Lusa) - A anunciada diminuição de 30 por cento do apoio do Estado à Fundação Eça de Queiroz, com sede em Baião, poderá pôr em causa alguns dos sete postos de trabalho da instituição, alertou a diretora executiva Anabela Cardoso.

"Se esse corte for concretizado, ficaremos numa situação muito difícil. Os postos de trabalho estão em risco", explicou.

Em declarações à Lusa, a responsável disse não compreender os critérios que levaram ao anúncio dos cortes, lembrando que a Fundação Eça de Queiroz é "muito pequena", funcionando com um orçamento anual de 200.000 euros, mais de metade do qual assegurado por receitas próprias. Acresce que, assinalou, nenhum elemento do conselho de administração aufere qualquer remuneração.