Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Funcionários que Câmara do Funchal recusa integrar cumprem horário em frente à autarquia

Lusa

  • 333

Funchal, 22 jul (Lusa) -- Os funcionários dos parques de estacionamento que a Câmara do Funchal passou a gerir, mas que recusa integrar, começaram às 08:30 de hoje a cumprir o horário de trabalho em frente aos Paços do Concelho.

"O objetivo é alertar para a nossa situação e reivindicar os nossos direitos. O tribunal ordenou a câmara a integrar-nos, mas, até agora, não o fez", disse à agência Lusa João Octávio, de 49 anos, 13 dos quais a trabalhar na SEP -- Sociedade de Exploração de Parques de Estacionamento.

Segundo João Octávio, "a partir de hoje, todos os dias úteis", os 21 trabalhadores -- hoje compareceram 18 - vão "estar em frente à câmara até que a situação seja resolvida", deixando de marcar presença nos parques, durante uma hora, como ocorria desde que a câmara tomou posse dos espaços, em abril.