Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Funcionários públicos gregos iniciam dois dias de greve contra despedimentos

Lusa

  • 333

Atenas, 24 set (Lusa) - Os funcionários públicos gregos iniciaram hoje o primeiro dia de uma greve de 48 horas contra os despedimentos em massa no setor público, a segunda paralisação do género convocada pelo principal sindicato (Adedy) no prazo de uma semana.

Após o que considerou um "êxito" de mobilização durante a greve de dois dias da semana passada, o Adedy apelou hoje à adesão à greve e à manifestação "contra as políticas do memorando que desmantelam os serviços públicos e sociais, acabam com os direitos laborais e levam a despedimentos e ao desemprego".

As greves desta semana e da anterior coincidem com a visita da 'troika' numa nova e crucial missão em que, além de examinar o estado das contas, se pedirão resultados na redução de pessoal do setor público, uma das condições para manter a ajuda financeira.