Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Funcionários públicos consideram baixas as compensações no programa de rescisões

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 set (Lusa) - O baixo valor das compensações oferecidas no programa de rescisões amigáveis no Estado foi destacado por vários funcionários públicos que falaram hoje à agência Lusa, em Lisboa, no final da última sessão de esclarecimento promovida pelo Governo.

"A compensação por rescisão é muito fraquinha. Um mês e meio do vencimento não é quase nada. E um mês e meio é para quem tiver menos de 50 anos, porque quem tiver mais de 50 anos já é 1,25 e quem tiver mais de 55 anos é só um mês por cada ano de serviço", afirmou Paula Costa, reforçando que o montante em causa "é muito fraco".

A funcionária pública, que está a equacionar uma eventual adesão ao programa, acrescentou que, na sua opinião, a compensação oferecida a quem pretenda rescindir o vínculo profissional com o Estado "não compensa, realmente, nada".