Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Função Pública: Mais de 638 mil trabalhadores ficam sem subsídio de férias - Frente Comum

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 jun (Lusa) -- A suspensão do subsídio de férias a mais de 638 mil funcionários públicos permite ao Governo uma poupança aproximada de 900 milhões de euros, de acordo com os números divulgados pela Frente Comum dos Sindicatos da Função Pública.

A coordenadora do sindicato, Ana Avoila, disse à Lusa que 366.968 funcionários públicos não receberam o 13º mês, uma vez que os salários que auferem são iguais ou superiores a 1.100 euros. Já o número de trabalhadores que auferem menos de 1.100 euros é de 272 mil.

Somando o número de funcionários, são 638.968 aqueles que apenas receberam ou uma pequena parte do subsídio, ou que nada receberam, permitindo ao Executivo poupar quase 900 milhões de euros este ano.