Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Função Pública: Governo recusa propostas reivindicativas da Frente Comum e do STE

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 set (Lusa) - O Governo recusou hoje as propostas reivindicativas da Frente Comum e do STE, que pediam aumentos salariais para 2013, justificando serem incompatíveis com o Programa de Assistência Económica e Financeira acordada com a 'troika' .

No final da primeira ronda de negociações da Função Pública, Ana Avoila, da Frente Comum (CGTP) disse aos jornalistas que o Governo "não apresentou propostas", limitando-se a recusar as que foram apresentadas por esta estrutura, que exigia aumentos salariais de 47 euros por trabalhador para o próximo ano e um aumento do subsídio de refeição de 4,27 euros para 6,5 euros.

A Frente Comum quer a reposição da parte dos salários que foi cortada aos funcionários do Estado em 2011 e 2012, assim como dos subsídios de férias e de Natal deste ano.