Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Frank Schleck reafirma nunca ter-se dopado

Lusa

  • 333

Luxemburgo, 19 dez (Lusa) -- O ciclista luxemburguês Frank Schleck, que deu positivo por um diurético durante a Volta a França de 2012, reafirmou hoje, na terceira audiência diante da Agência luxemburguesa antidopagem (ALAD), que nunca cometeu "qualquer falta".

"Pude explicar-me outra vez. Nunca cometi qualquer falta. O processo continua, mas ainda não terminou", explicou o mais velho dos Schleck no final de uma audiência de mais de duas horas com a comissão de disciplina da ALAD, supervisionada por um representante da União Ciclista Internacional (UCI).

A UCI anunciou a 17 de julho, segundo dia de descanso do Tour, em Pau, o "resultado analítico adverso" num controlo realizado três dias antes, na 13.ª etapa, que Frank Schleck terminou em 40.º lugar, com o mesmo tempo do vencedor, Andre Greipel.