Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Franceses concordam que imposto extraordinário se aplique aos clubes de futebol

Lusa

  • 333

Paris, 25 out (Lusa) - Oito em cada dez franceses estão a favor os clubes de futebol paguem o imposto extraordinário previsto pelo governo gaulês para quem ganhe mais de um milhão de euros anuais, o que motivou uma greve prevista para novembro.

Uma sondagem da televisão LCI revelou hoje que 83 por cento dos inquiridos considera "injustificada" a greve convocada na quinta-feira pela União de Clubes Profissionais de Futebol (UCPF) para a última semana de novembro, a primeira do futebol francês desde 1972.

Os deputados franceses aprovaram, na passada semana, uma proposta de legislação que permitirá aplicar aquela taxa, no âmbito do Orçamento de Estado para 2014, que será analisado pelo Senado antes de ser aprovado, em versão final, pela Assembleia Nacional daquele país.