Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

France Fooball denuncia "Qatargate" envolvendo Sarkozy e Platini

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 jan (Lusa) -- O semanário France Football lançou hoje uma série de interrogações sobre a atribuição do Mundial de futebol de 2022 ao Qatar, numa reportagem em que denuncia negociatas envolvendo Michel Platini e o ex-chefe de Estado francês Nicolas Sarkozy.

A revista justifica o título da reportagem - "Mundial 2022 -- Qatargate", - com aquilo que considera ser "um cheiro a escândalo que obriga a colocar a única questão que conta nesta altura: deve a escolha do Qatar ser anulada?"

O France Football ressuscita um email trocado no seio da FIFA, no qual o seu secretário-geral, Jerome Valcke, escreve: "Eles compraram o Mundial de 2022". Valcke assumiu posteriormente o erro e sublinhou que o tom usado no correio eletrónico até foi ligeiro.