Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

França oferece ajuda ao Líbano para descobrir responsáveis pela morte de chefe de segurança

Lusa

  • 333

Beirute, 04 nov (Lusa) -- O presidente de França afirmou hoje em Beirute que os autores do atentado levado a cabo recentemente e que matou um chefe de polícia libanês não beneficiarão de qualquer "impunidade", oferecendo a ajuda de França para descobrir a verdade.

"Nós estamos à disposição do Líbano. (...) A França dará toda a assistência" para encontrar os autores deste "ataque covarde", afirmou François Hollande durante uma conferência de imprensa com o seu homólogo Michel Sleimane, acreditando os responsáveis franceses e libaneses que por detrás dos assassinatos poderá estar o regime sírio de Bashar al-Assad.

"Não pode existir impunidade para os assassinos de (Rafic al-) Hariri e de (Wissam) al-Hassan. (...) Os libaneses devem saber que estamos do seu lado" continuou, em referência ao antigo primeiro-ministro libanês que foi assassinado em 2005 e ao chefe de segurança que foi assassinado a 19 de outubro deste ano.